Blog Droz Droz

Como criar um chatbot e principais vantagens da ferramenta

Como criar um chatbot e principais vantagens da ferramenta

Já não é segredo que o comportamento do consumidor vem mudando. Hoje, não basta oferecer um produto com boa qualidade e preço competitivo no mercado, é preciso proporcionar uma boa experiência ao cliente. 

Os chatbots podem ser um excelente aliado para empresas que buscam se destacar e proporcionar uma experiência satisfatória aos seus consumidores. Pensando nisso, desenvolvemos esse artigo para te explicar como criar um chatbot e quais as vantagens dessa ferramenta na sua operação. 

Afinal, o que é um chatbot? 

O chatbot é uma ferramenta capaz de realizar um diálogo com uma pessoa, através de chats programados com padrões de respostas. Ele foi desenvolvido para complementar e otimizar o sistema de comunicação de uma empresa. 

Ele pode ser integrado em diferentes aplicativos, sites e plataformas digitais, como lojas virtuais, WhatsApp, Facebook Messenger, Telegram, CRM, Sistemas de Call Center, entre outros. 

Vantagens de um chatbot 

Agora que você já sabe o que é um chatbot, queremos apresentar algumas vantagens dessa ferramenta. Confira: 

Disponibilidade 24/7 

O chatbot está disponível 24 horas por dia, 7 dias por semana. Dessa forma, é possível atender seus clientes em todos os momentos, mesmo que não haja atendimento humano. 

Atendimentos simultâneos

Um chatbot consegue dialogar com qualquer número de pessoas simultaneamente. Isso ajuda na experiência dos clientes, que não precisam esperar para serem atendidos. 

Atendimento à prova de erros 

Usar um chatbot significa ter um atendente que não comete erros por distração e não se cansa. 

Otimização do tempo 

Graças ao atendimento simultâneo o chatbot consegue otimizar o tempo de atendimento. Clientes que ficariam em filas de espera até que um dos atendentes consiga realizar o atendimento não precisam mais aguardar por isso. 

Economia de recursos 

Com o chatbot é possível reduzir consideravelmente os custos com funcionários de atendimento. Com essa ferramenta os atendimentos podem ser filtrados , dessa forma o próprio chatbot pode resolver questões mais simples e os atendentes ficam apenas com os casos mais sérios e que precisam de mais dedicação. 

Como criar um chatbot? 

Existem alguns passos que devem ser seguidos caso sua empresa deseje a implementação de um chatbot. Veja quais são eles:

Identificação da necessidade

Antes de tudo, para que um chatbot seja eficiente, é necessário que ele seja implementado para suprir uma demanda da empresa. Ou seja, o primeiro passo para criar um chatbot é entender como ele vai ajudar o seu negócio. 

Por exemplo, uma loja de suplementos nutricionais com certeza precisa explicar aos seus clientes possíveis dúvidas sobre seus produtos. Ao invés de dedicar um profissional para responder e-mails e mensagens sobre isso, a loja pode investir em um chatbot que atenda essa demanda e que o faça de forma automatizada.

Dessa maneira, além do atendimento se tornar muito mais rápido, é possível investir o tempo do atendente em outras demandas da loja. 

Utilize a ferramenta certa para desenvolver seu chatbot 

Um chatbot tem inúmeras possibilidades para sua empresa e para te ajudar a desenvolver seu chatbot com todas as funcionalidades que sua empresa precisa, você pode contar com o Droz! 

Nossa plataforma foi desenvolvida para que sua empresa consiga criar seu próprio chatbot de maneira simples e sem se preocupar com muitos códigos. Afinal, a intenção é simplificar e automatizar os processos. 

Além disso, é possível personalizar o bot com as cores e identidade visual da sua empresa. 

O momento certo para publicar o seu chatbot 

Saber o timing certo para publicar seu chatbot é essencial para o sucesso da sua implementação. Para isso, é necessário que você evite dois erros muito comuns: 

Lançar apenas quando o chatbot estiver “pronto” 

Passar muito tempo lapidando o produto pode fazer com que você perca o timing de lançamento. Além disso, somente o público conseguirá validar se o chatbot está mesmo sendo eficiente ou se ainda existem alterações para serem feitas.

Acreditar que depois de lançado o chatbot não precisa de melhorias 

Após o lançamento do chatbot e o contato com o público, será possível analisar se o que já foi feito é realmente eficaz e quais alterações podem ser feitas. O processo de melhoria não termina, ele deve ser contínuo e sempre buscar a otimização da experiência do cliente. 

Desenvolvimento, gestão e melhoria contínua

A última etapa para criação do chatbot é entender que seu desenvolvimento é contínuo e iterativo. É importante entender que o trabalho não termina após o lançamento, ele deve ser realizado continuamente enquanto o chatbot está rodando. 

A gestão do chatbot é extremamente importante para sua eficácia. Por isso, em nosso blog você pode conferir vários artigos sobre esse tema, confira!

Deixe um comentário

Assine nossa newsletter​