Blog Droz Droz

WhatsApp API: o que é a ferramenta e novo modelo de cobrança

WhatsApp API: o que é a ferramenta e novo modelo de cobrança

Não é novidade que as empresas têm buscado mais possibilidades de interação com o público a cada dia. Essa busca se dá devido à necessidade de estabelecer um relacionamento com o seu consumidor. 

As tecnologias têm acompanhado essa evolução, exemplo disto é o WhatsApp API, ferramenta desenvolvida para médias e grandes empresas otimizarem a comunicação com seus clientes. Confira em nosso artigo o que é essa ferramenta e seu novo modelo de cobrança. 

WhatsApp API x WhatsApp Business 

Por terem nomes parecidos e serem destinadas a empresas, essas duas ferramentas são facilmente confundidas. Porém, há grandes diferenças que as distanciam uma da outra, confira: 

WhatsApp Business 

O WhatsApp Business foi desenvolvido para ajudar empresas de pequeno e médio porte a se relacionarem com seus clientes. Segundo o SEBRAE, esse aplicativo está presente em 72% das pequenas e médias empresas no Brasil.

Ele permite a criação de uma loja, com catálogos e outros contatos, o que permite centralizar todo o relacionamento dentro da ferramenta. 

WhatsApp API 

Também conhecido como WhatsApp Enterprise, o WhatsApp API pode ser considerado uma evolução do WhatsApp Business. Isso porque essa ferramenta foi desenvolvida para médias e grandes empresas e sua estrutura via API precisa de um player para integração. 

Diferente do WhatsApp Business, esse aplicativo possibilita apenas a troca de mensagens.

A sigla API vem do inglês e quer dizer: Application Programming Interface. Ela é responsável por integrar de forma ágil e segura sistemas que possuem linguagens distintas. Dessa forma, é possível que o WhatsApp envie e receba informações de sistemas de softwares de gestão, automação, CRMs, etc.

Qual versão utilizar? 

Não existe a “melhor” versão do aplicativo, mas sim o que melhor atende sua empresa. Se você possui uma pequena organização, o WhatsApp Business com certeza pode ajudar a manter uma relação profissional e mais estreita com seus clientes. 

Se sua empresa é de média ou grande porte, o WhatsApp API atenderá melhor suas necessidades.

Como o WhatsApp API é cobrado? 

Atualmente o WhatsApp API é cobrado por mensagens enviadas. Tudo segue uma tabela, que está publicada no Facebook Guide e será válida até o dia 1º de fevereiro de 2022. 

A tabela de preços é dividida em valores para: 

 

  • As primeiras 250 mil mensagens enviadas; 
  • Próximas 750 mil mensagens; 
  • Próximas 2 milhões de mensagens; 
  • Próximas 3 milhões de mensagens;
  • Próximas 4 milhões de mensagens;
  • Próximas 5 milhões de mensagens;
  • Próximas 10 milhões de mensagens; 
  • Acima de 25 milhões de mensagens. 

 

Os valores são cobrados mensalmente e variam conforme o país. 

Além disso, existem algumas regras referente as cobranças, confira as principais delas: 

 

  • O preço de cada mensagem modelo entregue é determinado com base no código do país do destinatário da mensagem e no volume de mensagens entregues em um mês em determinado país ou região. O volume de mensagens modelo não é agregado entre países, regiões ou WABAs diferentes; 
  • O preço cobrado por cada mensagem modelo entregue é o preço vigente no momento de envio da mensagem;
  • A empresa é cobrada por mensagem modelo entregue dentro de 30 dias após envio;
  • Considera-se que uma mensagem foi entregue quando os servidores do WhatsApp processam um recibo de entrega da mensagem enviada;
  • Se um cliente iniciar uma conversa com a sua empresa, o WhatsApp não cobrará por nenhuma mensagem (incluindo mensagens padronizadas) que você enviar a esse cliente por até 24 horas após a última mensagem enviada pelo cliente. 
  • O WhatsApp cita que tem o direito de atualizar a tabela de preços mensalmente, e as alterações entrarão em vigor no primeiro dia do mês após as alterações. 

O novo modelo de cobrança do WhatsApp API 

A partir do dia 1º de fevereiro de 2022 a cobrança do WhatsApp API será feita de acordo com as conversas iniciadas e não mais mensagens enviadas. Existem duas categorias de conversas, que serão cobradas de formas diferentes: 

  • Conversas iniciadas pelo usuário: como atendimento e consultas ao suporte;
  • Conversas iniciadas pela empresa: como notificações pós-compra. 

Considera-se uma conversa o tempo de 24 horas após a entrega da primeira mensagem da empresa. Por exemplo: 

  • Se um cliente envia uma mensagem solicitando ajuda do suporte as 20:00 horas do domingo e a empresa responde às 20:12 do mesmo dia, será cobrada uma “conversa iniciada pelo usuário”. Essa conversa será contabilizada até  a segunda-feira às 20:12. 
  • Caso a empresa envie mais uma mensagem às 20:15 da segunda-feira, outra conversa será iniciada, cobrada como “conversa iniciada pela empresa”. 

As taxas de conversas iniciadas por empresa e conversas iniciadas por usuário serão cobradas de acordo com país e região.

Inícios de conversas não cobrados 

As primeiras 1.000 conversas de todo mês não serão cobradas. Além disso, conversas iniciadas após o usuário clicar em um anúncio do Facebook Ads, em que o CTA direciona para o WhatsApp da empresa, assim como o CTA da página da empresa no Facebook, não serão cobradas. 

Whatsapp e atendimento ao cliente 

O WhatsApp se tornou muito mais que um aplicativo para trocas de mensagens informais. Hoje, ele faz parte do dia a dia não só do público, como também de muitas empresas, como citamos anteriormente. 

Em um cenário cada vez mais competitivo e com consumidores exigentes, a experiência do cliente vem se tornando algo essencial para que empresas possam se destacar. E nesse quesito, utilizar o WhatsApp como uma ferramenta de atendimento com certeza faz a diferença. Afinal, ele torna a comunicação com o cliente muito mais próxima e eficaz. 

WhatsApp API  + Chatbot  

Quando falamos em Customer Experience, o chatbot com certeza é uma das melhores opções para complementar o WhatsApp no atendimento ao cliente. Com essa ferramenta integrada ao WhatsApp é possível automatizar o atendimento, o que faz com que o cliente não precise mais aguardar um atendente humano para iniciar o seu atendimento.

Dessa maneira, sua empresa consegue: otimizar tempo, reduzir custos e melhorar a experiência do cliente. Para saber mais sobre como isso é possível, conheça o Droz! 

Além do WhatsApp 

É um fato que o WhatsApp  se tornou um grande amigo para as empresas, mas, ele não é o único capaz de ajudar na relação com o cliente. Confira algumas outras opções para também atender seus clientes e oferecer uma excelente experiência. 

SMS 

O SMS é a ferramenta mais antiga para bate-papo e embora tenha perdido espaço para essa função, ele ainda pode ser muito utilizado por empresas. A estratégia de SMS marketing auxilia muitas organizações no aumento de vendas e no relacionamento com os clientes. 

Segundo a pesquisa “Mensageria no Brasil”, de fevereiro de 2021, apenas 8% dos brasileiros afirmar enviar SMS todos os dias ou quase todos os dias. Em contrapartida, 44% afirma receber SMS todos os dias ou quase todos os dias. 

RCS – Rich Communication Services

O Rich Communication Services foi desenvolvido pela Google e de forma simplificada podemos defini-lo como uma modernização do SMS, que traz recursos semelhantes ao do WhatsApp. 

No momento, somente usuários da Claro, Oi e Vivo podem utilizar esse recurso. Porém, em breve outras operadoras também devem aderir ao serviço.

Facebook Messenger 

Facebook Messenger é o aplicativo de mensagens do Facebook, que possui seu próprio aplicativo e plataforma. Com suas atualizações contínuas, ele alcançou o segundo lugar no ranking dos aplicativos de mensagens mais populares do mundo, perdendo apenas para o WhatsApp. 

ABC – Apple Business Chat

O Apple Business Chat é um serviço de mensagens da Apple, destinado a empresas e consumidores. Com ele é possível falar com as empresas, agendar um atendimento, encomendar produtos e até efetuar pagamentos online através do Apple Pay. 

Geralmente o atendimento começa com um bot, mas pode incluir atendentes humanos dependendo da necessidade e disponibilidade da empresa.   

Imessage 

O Imessage é um aplicativo de mensagens exclusivo da Apple. Essa ferramenta também é semelhante ao WhatsApp e possibilita o envio de mensagens, vídeos, fotos e áudios. 

Além disso, o aplicativo tem vários recursos animados, o que deixa a conversa mais divertida para os usuários. 

Instagram 

Assim como o WhatsApp, o Instagram vem se tornando cada vez mais um canal de relacionamento entre empresas e clientes. Se antes as pessoas utilizavam a rede social apenas para postagem de fotos pessoais, hoje buscam portfólio de marcas e até mesmo resolução de problemas via direct. 

Telegram

Essa rede social relativamente nova está sendo utilizada por empresas para fim de divulgação e com a criação de “comunidades”. Pode ser muito bem aproveitada para manter o público mais próximo da marca. 

Chatbot 

Citamos acima sobre como o chatbot pode ser um complemento ao WhatsApp, mas, ele também pode ser um excelente canal de atendimento em diversas plataformas, como: sites, lojas online, softwares e etc. 

SAC 

O SAC é uma sigla que significa: Serviço de Atendimento ao Consumidor”. Esse canal serve para o cliente dar sugestões, tirar dúvidas e resolver problemas com a empresa. Também é uma excelente opção de canal para empresas que buscam manter um contato com seus clientes. 

Para todas as plataformas, temos uma integração! 

O melhor canal de comunicação para o seu negócio é aquele em que seu cliente está, afinal, só assim será possível criar conexões. O chatbot Droz se integra com o WhatsApp e com várias outros canais de atendimento. Dessa maneira, é possível otimizar o contato com o seu cliente, tornando-o mais ágil e prazeroso para o seu consumidor. Confira nosso site e veja como isso é possível. 

Deixe um comentário

Assine nossa newsletter​